Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ando há semanas a querer escrever sobre isto, mas ainda não tinha tido coragem.

 

Não queria muito falar nos presentes que a minha princesa recebeu pelo seu 1º aniversário. Foram todos fantásticos, foram muitos, e somos gratos por eles. Porém, não queria vir para aqui exibi-los porque não quero que o seu aniversário seja especial pelos presentes que recebeu. Um dia a minha filha pode não receber presentes e vamos querer que seja especial na mesma.

 

No dia do 1º aniversário da Maria Victória, mesmo na véspera da sua festinha de baptizado, num momento raro de descanso, abro um email da minha irmã de coração, que vive na Índia. Pensei que ia ler as habituais saudações por mais um aniversário (sim, todos os meses celebrávamos como se fosse um aniversário). Afinal, já tinha recebido uma caixa cheia de presentes vinda da Índia para toda a família e, mais ainda, para a princesa. Quando abri o mai, nem queria acreditar no que via. Foi das coisas mais emocionantes e importantes e especiais que alguém poderia ter feito pela minha filha e por mim. Um verdadeiro exemplo que eu ainda não fui capaz de dar. Preferi fazer uma festa, em vez disto.

 

"Esta noite, para o aniversário da Mia Kutti (é assim que ela lhe chama), queria fazer algo por ela. Por isso, ofereci o jantar numa instituição onde meninas pobres são acolhidas. É um Lar muito antigo, já existe há muitos anos e estas pessoas não têm muito apoio. Eu servi-as e distribuí-lhes doces, também. Ela ficaram todas muito felizes e abençoaram a nossa Mia no seu aniversário. Eu acho que estas bênçãos são muito ricas. No vídeo, pode ouvir-se um cântico a abençoar a Mia e também a foto de Jesus. Foi uma pequena forma desta Tia celebrar o aniversário da Mia. Que Deus a abençoe sempre!"

 

Traduzo o e-mail que recebi e, novamente, as lágrimas escorrem-me pela cara. Não consigo expressar o que este gesto significou para mim. Não consigo mesmo. Sinto que tenho que partilhar isto porque, caso um dia eu não esteja cá para lhe explicar, a minha filha precisa de saber que há gente muito generosa que vive muito longe, que gosta muito dela e que lhe dá os melhores exemplos - que há meninas que não têm os mesmo privilégios que ela e que não podem ser esquecidas. Seja em que parte do mundo for.

 

 

a.jpg

as.jpg

dfh.jpg

sdf.jpg

unnamed.jpg

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Daniela a 08.05.2015 às 20:06

Lindo gesto! Fiquei com uma lágrima no canto do olho 😊

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D