Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Há uns dias uma leitora contactou-me a perguntar sobre estrias avermelhadas. Foi mãe há 2 meses, fez uma barriga muito grande e, como consequência, estalou toda, ficando com estrias avermelhadas. Assim, no momento, não tinha muito para lhe dizer. Felizmente, não tive nem uma estria na gravidez. Já tinha algumas antes de engravidar e mantiveram-se, claro. Lembrava-me da pesquisa que fiz durante a gravidez, não fosse o diabo tecê-las.

 

 

O que são, então, essas estrias avermelhadas? São o resultado da pele esticar e rasgar, só que ainda há sangue nessa zona. O que se pretende é que essas estrias vermelhas se mantenham o máximo de tempo para que se possam tratar. Elas só se podem tratar enquanto as células ainda não morreram, ou seja enquanto as estrias estiverem vermelhas. Por isso, mãos ao trabalho.

 

 

O que eu sugeri à mamã foi um tratamento muito simples, rápido e fácil de executar em casa por uma pessoa que não tem tempo, como é o caso de uma mamã com um bebé recém-nascido.

 

1 - Esfoliar a zona levemente. Aqui, vamos querer eliminar as células mortas, mas também atrair sangue à zona para promover uma nova cicatrização. Podem fazer a esfoliação com um pouco de sal grosso, se não tiverem outra coisa, juntamente com óleo de amêndoas doces ou óleo de bebé. Não pode ser uma esfoliação muito agressiva, pois não queremos agredir a pele. Convém é que a zona fique um pouco avermelhada, sinal de que sangue renovado invadiu a região afectada. Pode fazer 1 a 2 vezes por semana, no banho.

 

2 - Existem no mercado vários produtos para "tratar" as estrias, mas eu não conheço a sua eficácia. O produto que eu posso assegurar que resulta, não em estrias concretamente mas noutras situações, é mesmo o Óleo de Rosa Mosqueta. Como já falei aqui várias vezes, este óleo é poderosíssimo em termos de regeneração e cicatrização da pele. Pode ser usado na sua forma concentrada ou juntamente com o creme hidratante habitual. Eu compro o meu óleo na Bottega Verde.

 

 

Depois, há uma série de tratamentos médicos ou estéticos que estão à disposição de quem tem carteira para isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:56



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D