Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O colo

26.03.15
A melhor coisa do mundo é o colinho que a minha querida filha me dá todas as noites, antes de dormir. Sim, o colo é mais para mim do que para ela. Neste momento, ela dorme sobre o meu peito, abraçada a mim. Embalo-a ao ritmo da cadeira de embalo. Escrevo o texto no telemóvel. Já podia tê-la posto na cama, mas estes momentos fazem-me falta. Preciso deste contacto que se vai perdendo conforme eles crescem. Preciso deste toque, de saber que ainda é um pouco minha. Estão sempre a dizer para pormos os bebés a adormecerem sozinhos. Deve ser por isso, então, que ela acorda de noite a pedir colo, aconchego e leitinho. Estou a habituá-la a muito mimo, colinho de mãe, conforto, abraços, muitos beijinhos. Não quero saber das críticas. À minha filha não pode faltar amor. Passo grande parte do dia longe dela. À noite, quando ela chega, já eu estou tão cansada, sem grande paciência para brincar com ela. Ela própria já vem com soninho e logo logo é hora de dormir. Ela cresce e eu nem vejo. É por isso que, para mim, estes momentos são fundamentais e absolutamente indispensáveis. Eu sei que ela também gosta deste tempo que é só nosso. Faz-me lembrar do colo reparador que a minha mãe me dava. Ainda hoje em dia, de vez em quando, a minha mãe pede-me que vá para o colo dela. Agora, percebo que o colo pode ser muito bom para os filhotes, mas é melhor ainda para as mães.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02

O pai

19.03.15
IMG_6492.JPG

IMG_6852.JPG

IMG_6880.JPG

IMG_6922.JPG

IMG_8745.JPG

IMG_9199.JPG


Este é o primeiro Dia do Pai do pai da minha filha. O primeiro com ela nos braços. Sempre li que uma mãe torna-se mãe assim que engravida, já o pai precisa (ou pode precisar) de mais tempo. Acho que foi isso que aconteceu com este pai. Ele sempre gostou de bebés e adorou logo a nossa filha. Mas bastava-lhe ver que ela estava bem, bem tratada. Não tinha aquela necessidade umbilical de estar com ela, como acontece comigo. A verdade é que os bebés interagem muito pouco no início da vida e os pais ficam mais sem saber o que fazer com eles. Entretanto, a minha menina começou a desviar o olhar da mãe e reparou naquela pessoa que estava sempre por ali a fazer caretas e a repetir incessantemente "Papá! Papá!". Parece que se descobriram um ao outro. Ele adora brincar com ela e ela dirige-lhe as gargalhadas mais sonoras. Eu, assumidamente ciumenta, sempre achei que me ia sentir à parte quando chegasse a hora dela preferir o pai, mas adoro vê-los juntos. Adoro ver a minha filha feliz e o pai feliz por estar com ela. Estímulo muito que passem tempo juntos. Este pai é um pai orgulhosíssimo da sua menina (Quem diria, tendo em conta que ficou destroçado quando soube que ia ter uma menina e não um menino...) e fica todo inchado quando lhe dizem que é igual a ele. (É mesmo, mas cada vez menos! Toma!) Tenho pena que o pai não passe mais tempo connosco, que não participe de todas as tarefas e actividades inerentes à nossa filha, tipo fraldinhas, refeições e soninho. Não pode ser só brincadeira. Não acho que se deva forçar nada. Claro que é mais cansativo para mim, mas faço tudo com muito prazer. Tudo é melhor quando ele está connosco e ele está cada vez mais presente. Agora está no café com um amigo (diz que precisa de espairecer), mas não tarda nada vem para casa para junto de nós. Os pais são referências importantíssimas para os filhos e mais ainda para as meninas. Espero que seja sempre um bom exemplo para a nossa filha e que a estimule a ser sempre melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:57

IMG_9475.JPG

IMG_9476.JPG

IMG_9477.JPG


No dia em que a minha filhota faz 11 meses, partilho com vocês o miminho que recebi da Ana Filipa da Mães com Pinta.

O quadro tem as primeiras botinhas da Maria Victória e também as mais pequeninas. Está mesmo lindo!

Sou oficialmente uma Mãe com Pinta!

Obrigada!! Adoramos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:57

11 meses

17.03.15
IMG_6486.JPG


O amor da minha vida faz hoje 11 meses. São apenas 11 meses mas parece que esteve sempre comigo. A vida sem ela é inimaginável. Ela está sempre, sempre comigo. Nestes 11 meses de cansaço levado ao extremo, este meu amor pequenino só me dá alegrias. Levanto-me exausta e, assim que olho para esta carinha, tudo passa. Esta menina está sempre bem-disposta, sorri sempre e agora também faz birras. E custa-me tanto contrariá-la. As perninhas dela têm pilhas. Começa a agitá-las ainda deitada ou sentada e logo a seguir se levanta e quer andar. Como só o consegue fazer apoiada em nós, cansa toda a gente e ela nunca mostra sinais de cansaço. Anda, anda, anda. Qualquer dia lança-se vai sozinha! A cama dela é como se fosse um parque de diversões. Senta-se e levanta-se, bate com a cabeça aqui e ali, nódoa negra aqui e ali. Medalhas de quem está a crescer tanto. Até parece que se vê a crescer. Entramos hoje no último mês do seu primeiro ano. Um ano cheio de memórias, de boas memórias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:13

IMG_9469.JPG

IMG_9467.JPG

IMG_9466.JPG

IMG_9465.JPG

IMG_9464.JPG

IMG_9463.JPG

IMG_9460.JPG

IMG_9459.JPG

IMG_9458.JPG

IMG_9457.JPG

IMG_9455.JPG

IMG_9452.JPG

IMG_9419.JPG


Estou em modo obsessivo. Já só penso na festa, nas decorações... É tudo tão caro! Vou tentar fazer eu mesma o mais possível e evitar gastar uma fortuna. Vou tentar! Quando passeio pelo Pinterest é uma loucura! Já viram tanta coisa fofa junta?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:02

IMG_9433.JPG

IMG_9434.JPG


Fiquei assustadíssima quando vi uma manchinha mais escura na pernoca da minha menina. Há várias doenças graves que começam com hematomas. Depois, lembrei-me que ela anda a preparar-se com grande entusiasmo para começar a andar. Senta, levanta, cai, levanta, senta, cai. Ontem mesmo atirou-se da sua cama de grades para a nossa cama caiu no pequeno intervalo que há entre as duas. Chorou mas passou logo. A 4 dias de fazer 11 meses, exibe, orgulhosa as medalhas do seu trabalho árduo para começar a correr por aí. E fará novas nódoas negras e, apesar de assustador, acho que também é bastante salutar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

IMG_9404.JPG

IMG_5693.JPG


Feira do bebé do Jumbo. Babygrows a 4€. As molinhas rasgam-se todas. Lição aprendida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:07

Depois de ter passado por um grupo no facebook sobre alimentação de bebés e crianças, descobri uma coisa que pode ser muito útil para muitas mamãs e seus filhotes.

 
Muitas de nós sabemos o que é ter um bebé a chorar com cólicas ou passar dias sem fazer cocó. Parece que a água do Vimeiro é óptima para cólicas e obstipação. "É tiro e queda!" diziam.   
 
Fui pesquisar um pouco sobre isso e descobri que a água do Vimeiro tem, de facto, propriedades digestivas. E até já participou em Feiras do Bebé.

 

"O consumo regular de Vimeiro Original, uma água generosa em sais minerais e de pH neutro, é indicado para toda a família mas, em particular, para as grávidas e para os bebés, pois garante uma melhor hidratação, com a biodisponibilidade dos seus minerais, e auxilia o processo digestivo. O seu pH neutro ou levemente alcalino e a forte presença de Bicarbonato, ajuda a neutralizar os principais factores causadores do aparecimento de cólicas nos primeiros meses de vida dos bebés e, nas grávidas, limita as náuseas, vómitos e azias frequentes da gravidez.

A Vimeiro Original é uma água mineral natural que se destaca das restantes águas existentes no mercado português tanto pela sua composição e sabor como pelo facto de não precisar de ser fervida para posterior consumo. Esta é uma água funcional cujos elementos lhe conferem um sabor especial, característico de uma água mais mineralizada e que evidencia todas as suas propriedades nutricionais."

 

Eu ainda não tive a oportunidade de comprar e de experimentar na minha princesinha. Já passámos a fase das cólicas, mas com a introdução dos alimentos sólidos, ficou um pouco obstipada. Vou usar na preparação do leite e dar-lhe para beber.

 

Acho que esta dica pode ser útil a muita gente: grávidas, mães de bebés que tomam leite adaptado e que podem preparar o leite com esta água e todos os outros que já comem sólidos.

Por favor, dêem-me a vossa opinião e como correu com os vossos pequeninos. 

 

Vimeiro-Lisa-lancamento.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:42

Bexsero

04.03.15

Hoje demos a segunda dose da Bexsero.

Saio sempre de casa muito ansiosa, pois receio que lhe doa. Se pudesse, tomava eu as vacinas todas para lhe evitar qualquer sofrimento. Eu e todas as mães, não é?

Mas esta menina é uma valente e todos os dias me dá lições. Estava muito bem-disposta antes e assim continuou. Sentiu a agulha, manifestou-se uns 3 segundos, peguei nela ao colo e voltou a ficar bem-disposta. Não chorou, não reclamou e continuou a querer brincadeira.

Agora, é só torcer para não haver efeitos secundários.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:18

Fiquem aqui com o link para poderem descarregar este livro tão útil: 123 uma colher de cada vez.

 

Um guia de orientações nutricionais com mais de 180 receitas para crianças entre os 4 meses e os 3 anos de idade dividido pelas etapas consideradas mais relevantes em função das possibilidades de introdução dos alimentos. Com um pouco de organização, alguma criatividade e a ajuda deste guia, qualquer mãe ou pai conseguirá facilmente preparar, cozinhar e mesmo congelar um mês inteiro de refeições - em apenas uma ou duas horas - e ficar com tempo livre para os seus filhos em vez de o gastar na cozinha.

9789898470171.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D