Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




16 meses

18.08.15
IMG_0485.JPG

IMG_0488.JPG

IMG_0460.JPG

IMG_0386.JPG


O amor da minha vida não pára de crescer. Agora parece que tem 16 meses. Sempre pensei que as crianças que são datadas por meses fossem uns bebés totalmente dependentes, que não andassem, não falassem, que continuassem a mamar em exclusivo e andassem sempre no colinho da mamã. A minha ainda é um bebé, é certo, mas já é muito mais do que um bebé. Não só anda, como corre e ninguém a apanha porque nos apanha de surpresa. Muitas vezes, enquanto tento mudar-lhe a fralda em cima da cama, roda sobre si mesma e desata a correr (sem fralda!) como se fosse salvar o mundo. E ainda faz troça! Já fala imenso. Está na fase de repetir o que dizemos e acredito que ainda vá piorar. As palavras preferidas dela são: mamã, papá/papi, vovó. Chama imenso por nós o dia todo. Chama Bóbi ao nosso Bóris, e já pede água e pão. Às vezes tem monólogos imperceptíveis. Deve estar a falar com o amigo imaginário. Troca tudo de lugar. Agora estamos na casa da minha mãe e a casa está em estado de sítio, tal como a nossa. Desaparecem coisas que vão aparecer mais tarde em lugares impensáveis. O contrário também acontece. Abre gavetas e armários e tira de lá o que lhe apetece. Normalmente, coisas afiadas e perigosas. Esta filhinha não teve o privilégio de ser amamentada. Foi-o só até aos 2 meses. Tenho a certeza absoluta que se eu amamentasse, ela ainda ia mamar imenso, como convém. Mas come bem, o que já é um descanso. Adora comer da nossa comida e isso faz com que nos esforcemos para comermos de forma mais saudável. O mais notável em termos de alimentação é mesmo a quantidade de água que bebe por dia. Está sempre com vontade de beber mais um bocadinho e depois do leite tem que beber sempre água. Este bebé de 16 meses mostra a língua com uma classe notável. E os dentes. Exibe orgulhosamente os seus 12 dentinhos que foram aparecendo sem febres ou grandes incómodos. Só dá beijos quando quer, preferencialmente ao papá. Mas hoje deu-me um beijinho na cara tão querido... Adora dançar! Basta ouvir um sonzinho e trata logo de mexer as pernocas ao ritmo da música. Acho que prefere música "pimba", mas hoje dançou ao som de Rui Veloso e fiquei mais aliviada. Li algures que os bebés só são bebés até aos 2 anos. Depois passam a ser crianças. O pediatra que a viu este mês disse que tinha que deixar de andar com ela ao colo, deixar de dormir com ela, tirá-la do nosso quarto, etc., etc... porque ela já não é um bebé. Às vezes, já me parece uma criança e grande, mas eu tenho um Bebé. Basta olhar para ela quando eu me afasto, quando cai e se magoa e grita "mamã", quando tem soninho e procura o meu colo. E quando está no meu colo é como se voltasse para a minha barriga. E vou aproveitar todos esses momentos ao máximo. Ela dorme na sua cama, mas adoro dormir com ela sempre que se proporciona. Vou dar-lhe colo até que as minhas costas o permitam. Um dia destes tenho uma adolescente de 16 anos em casa e vou sentir saudades do bebé de 16 meses. Sei que também vou gostar de conhecer essa adolescente, mas quero aproveitar o bebé que ainda tenho. E que saudades já sinto do bebé que ela já foi...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:06



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D